/ PIXELS / / PIXELS /

Artigos

3 mil organizações repudiam declarações de candidato Jair Bolsonaro - Plataforma CQVM é uma delas

Ranking:

É com sentimento de responsabilidade e por nossa luta ativista pelas mulheres mães e pelas crianças que a plataforma Cientista Que Virou Mãe assina, junto com cerca de outras 3 mil organizações da sociedade civil, o documento em repúdio às declarações do candidato à presidência Jair Bolsonaro de que irá botar "um ponto final em todos os ativismos no Brasil".

A Constituição Federal garante o direito do povo brasileiro de exercer associações entre pessoas em prol de objetivos comuns - o que nós chamamos de ativismo. Foi também o ativismo de mulheres deste coletivo que contribuíram para políticas públicas fundamentais para mulheres mães e crianças, como as legislações que combatem a violência obstétrica, que incentivam a amamentação, que coíbem a prática da violência contra a criança, entre tantas outras ações.

Sempre que qualquer candidato a cargo político desejar excluir a sociedade civil organizada dos debates públicos, NÓS SEREMOS CONTRA. Vamos lutar sempre por nossa liberdade.

Hoje, mais de 820 mil organizações trabalham com ativismo pela melhoria da vida das pessoas. Quem luta pelas pessoas autistas é ativista. Quem luta para que pessoas com deficiência tenham vidas melhores é ativista. Quem luta para que tenhamos menos veneno em nossos alimentos é ativista. Quem luta para que quem não tem um cobertor e vive na rua possa se aquecer minimamente no inverno é ativista. Quem luta contra o câncer de mama é ativista. Quem luta contra a pornografia infantil é ativista. Quem luta por uma educação pública de qualidade é ativista. Ativismo ajuda a melhorar a sociedade e a alcançar a justiça social. 

Não haverá democracia se não defendermos nossa liberdade de atuação.

Leia AQUI a nota em repúdio à declaração do candidato, bem como todas as organizações signatárias.

Pelas mulheres e pelas crianças, seremos sempre pela democracia e pela liberdade.

 

Ligia Moreiras e Nani Feuser

Diretoras da Plataforma Cientista Que Virou Mãe

 

Ligia Moreiras

Autora: Ligia Moreiras

Mãe da Clara, doutora em Saúde Coletiva, doutora em Ciências, mestre em Ciências, bióloga, escritora, ativista, feminista. Mudou toda sua vida depois do nascimento da filha por um único motivo: quer ajudar a diminuir iniquidades que as mulheres passam a viver apenas por se tornarem mães e a lutar por uma infância livre de violência. Criadora do site CIENTISTA QUE VIROU MÃE. Apaixonada pelo que a maternidade pode trazer às mulheres em termos de empoderamento, emancipação e busca por autonomia. Escreve aqui sobre tudo isso: infância, feminismo, educação sem violência, empoderamento materno, direitos reprodutivos e o combate à violência contra a mulher e à criança. Autora dos livros "Educar sem violência - Criando filhos sem palmadas", "Mulheres Que Viram Mães" (ambos pela Editora Papirus), entre outros publicados pela Plataforma CQVM.

Plataforma CQVM© - 2011-2018