/ PIXELS / / PIXELS /

FINANCIE

“DE CONSUMIDOR PRA FORNECEDOR” – Por que você, que é pai, tem que parar de dizer isso

“DE CONSUMIDOR PRA FORNECEDOR” – Por que você, que é pai, tem que parar de dizer isso

Você já ouviu essa frase? Ela é geralmente ouvida quando o homem descobre que será pai de uma menina. Ou ele próprio diz ou alguém diz para ele, fazendo referência ao fato que, se antes ele "consumia" mulheres, agora ele passará a "fornecê-las". E aí, quando a gente se manifesta contra esse tipo de comportamento, ainda temos que ouvir: "NOSSA, MAS QUE EXAGERO, É SÓ UMA BRINCADEIRA". Mas não é só uma brincadeira. Ela traz consigo a noção de que meninas são produtos que se consomem e se fornecem. Neste texto, vamos conversar sobre porquê essa não é uma brincadeira positiva, de onde vem essa naturalização, como podemos argumentar contra e porquê é preciso que os homens e as mulheres não aceitem mais fazê-la ou escutá-la. APOIE COM O VALOR QUE QUISER! Atingindo a meta de financiamento, o texto é escrito, você o recebe em seu e-mail ou, se for assinante, o recebe na Revista Digital CQVM.

FUNCIONA ASSIM:

Você apoia com o valor que quiser apoiar. Quando atingirmos o valor mínimo, você recebe o texto em seu e-mail e ele é publicado no site, para acesso de todos. Você contribui com a produção de informação independente, ajuda a remunerar uma mãe escritora e ajuda a manter a plataforma funcionando! É financiamento coletivo, de alguns para todos. Clique em FINANCIAR e apoie!

Plataforma CQVM© - 2011-2018